quarta-feira, 28 de maio de 2014

Roteiro pelo prazeres da Gastronomia: (I) Índia


Olá olá!
Com este post venho não só contar-vos a minha estreia na comida indiana, como para inaugurar a nova rúbrica aqui do blog.
Suponho que experimentar uma baguette de caril de frango no Pão pão queijo queijo, em Belém, não constitua uma verdadeira experiência gastronómica, até porque o picante não deixou grande impressão no meu estômago... por isso, decidi partir à descoberta com um grupo de amigos, e juntos lá fomos ao Pic Nic, em Mem-Martins.

O feedback não poderia ter sido melhor! Além do ambiente acolhedor, a variedade era imensa e tinha um aspecto delicioso. E entre todos, o preço foi realmente económico! Facto que nos surpreendeu. Mas sem demoras, vamos cá ao menu.

Como entrada optámos pelo pão indiano com alho, recheado com queijo.
Cheese Garlic Naan
E como pratos:
Chiken Tikka Masala 
Arroz Basmati
Dalmakhani

Lamb Vindaloo
Chicken Tikka
 Que é como quem diz (pela respectiva ordem):

- Lentilhas em molho espesso de tomate e especiarias (escolha aqui da Je)
- Pedaços de frango pré-grelhados com amêndoas, caju e molho especial (escolha da Cat)
- Borrego com batatas cozinhado à moda de Goa (alerta os bombeiros, bastante picante) (escolha da Anouska)
- Cubos de frango grelhado, previamente marinados em iogurte e especiarias suaves (escolha do Él)

Basicamente, entre os quatro, escolhemos um prato que nos agradásse, e dividimos entre todos. Se inicialmente, parecia pouco, não se deixem enganar pelas imagens. Chegou perfeitamente para nos deixar saciados. E com vontade de voltar.

Tenho apenas a dizer que as sobremesas deixaram a desejar...

- Escolhemos gelado de Pistáchio e nata (nada de especial, embora também houvesse de manga)
- E bolinhas de leite cozinho em calda de açúcar. (aposto que altamente calórico mas nada docinho)

No geral gostei muito, dismistifiquei o paladar depois da experiência traumática com o pseudo-caril-altamente-picante, e ficou prometido voltar.

Mas o post não fica por aqui :)
Decidi torná-lo interessante: Ou seja, por cada cultura que experimente, inicio uma leitura em que tal esteja relacionado.

E como é o primeiro post, lanço-vos o desafio:

- Que livro conhecem e/ou recomendam que fale, ou tenha a Índia como pano de fundo? :)

(em minha defesa, não é batota recorrer aos meus fantásticos seguidores :P)

E como este espaço não é só meu, pergunto-vos que experiências gastronómicas tiveram e o que acharam?

Beijinhos, boas leituras e boas degustações! :P

domingo, 25 de maio de 2014

Remodelações

Se há alturas em que nos apetece fazer uma mudança em nós, hoje foi a vez do blog.
A verdade é que já andava com esta ideia a fermentar há algum tempo, mas, ou por falta de imaginação ou de tempo, ou ambos, só hoje é que pensei: "bem, what the hell, há-de ser hoje". E assim foi.
Para não variar, ainda não está totalmente como quero. Mas é curioso que voltei aos tons de azul, qual filha pródiga regressa a casa.

Mas não é a única novidade que vos trago!
Como vários enfermeiros me têm dito nas aulas, grandes decisões se tomam à volta da refeição, e com efeito eu agora o comprovo!, surgiram algumas ideias para dinamizar o meu cantinho.
A minha ausência nem sempre me permite divulgar a minha opinião sobre os livros que leio, o que resulta num hiato quando volto a publicar algo. E como gostaria de me manter regular, pensei, porque não partilhar outras coisas de que gosto? Para além dos livros, há mais dois guilty pleasures... curiosos?

E a outra novidade é que em breve vos trago passatempos!

Então que acham?

Stay tuned :p e boas leituras!

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Testado | Nova gama Elvive Fibralogy da L'ORÉAL

Olá a todas!

Hoje trago-vos um post diferente que nada tem a ver com livros, mas que irá dar um empurrãozinho ao movimento de mudança cá no blog.

O mês passado, tive a sorte de ser seleccionada pela Youzz.net para participar numa campanha para experimentar o produto da Elvive Fibrology. A par com os produtos, recebi vales - os quais ainda tenho vários disponíveis para quem quiser, tal como eu experimentar.
Demorei mais tempo do que o expectável a dar o meu feedback, pois, quis utilizar mais uma embalagem de modo a solidificar o meu veredicto.


Resultados obtidos:

De facto, após as primeiras utilizações, o produto cumpre o que promete. Senti o meu cabelo, que é liso e fino de nascença, tornar-se ligeiramente mais denso e volumoso. No entanto, além dos aspectos positivos, também houve alguns que não me agradaram tanto.

Pontos positivos:

1. Toda a gama Elvive tem uma fragrância muito agradável.
2. A embalagem é apelativa
3. A aplicação dos três produtos contribui para uma maior densidade capilar.
4. E deixa o cabelo macio ao toque.

Pontos negativos:

1. Ineficácia do produto sem a utilização do intensificador de densidade.
2. Se só usar champoo e o amaciador fico com as pontas secas
3. E o cabelo é mais difícil de pentear.
4. Preço do intensificador (11€) face ao nº de utilizações (4, no máximo 5)



No geral, gostei muito de experimentar esta nova gama, de ver algumas mudanças, e acima de tudo de me sentir bem com isso. Para mim, estes produtos não se tratam de serem fúteis ou vaidade, mas de contribuirem para que a pessoa se sinta bem, por dentro e por fora. Porque isso nota-se. E quando eu estou bem com o meu cabelo (mesmo quando ele ganha vida e me faz parecer que pus os dedos na tomada), sinto-me bem, a minha auto-estima melhora.
No entanto, esta gama é um trio, e para que funcione em harmonia e os resultados se vejam, é necessário conjugar o champoo com o intensificador e finalizar com o amaciador.
Eu tenho o hábito de lavar o cabelo dia sim, dia não, e mesmo com a compra de uma segunda embalagem do intensificador, sei que ao final do mês se tornaria incomportável. E por mais que tenha gosto em cuidar do meu cabelo, tenho algumas dúvidas de que compense continuar com estes produtos.

Como disse inicialmente, ainda tenho comigo vários vales (com validade até ao final de Junho). Quem quiser experimentar os resultados desta gama, é só dizer que trato do envio dos mesmo.

Beijinhos

sábado, 3 de maio de 2014

Louca por compras - Sophie Kinsella, opinião


http://2.bp.blogspot.com/-Dq5xup-Nwgo/T1SxQVkYYNI/AAAAAAAACyU/hgoEbQ7KanA/s1600/500_9789722037471_louca_por_compras.jpg 

Título Original: The Secret Dreamworld of a Shopaholic
Autora: Sophie Kinsella
Páginas: 336
Editor: Livros d'Hoje

Sinopse:
Quando as coisas se descontrolam - os descontrolados vão às compras.
Rebecca Bloomwood é louca por compras, está enterrada de dívidas até aos ossos e passa o tempo a tentae escapar ao seu gerente de conta. A sua única esperança é tentar ganhar mais e gastar menos. O seu único consolo é comprar alguma coisa - só mais uma coisinha...

Sobre a Autora: 
Sophie Kinsella nasceu em Londres. Estudou música no New College, em Oxford, mas passado um ano mudou para Política, Filosofia e Economia. Para além de escritora de romances foi anteriormente jornalista na área financeira.
O seu primeiro livro, Louca por Compras, é um best seller internacional e encontra-se numa adaptação cinematográfica da Walt Disney Motion Pictures, produzida por Jerry Bruckeimer.
Kinsella é ainda autora de onze livros e é considerada uma das mais populares autoras de ficção ligeira do momento. Actualmente vive em Londres com a família 

Opinião:
Becky Blommwood, é uma jovem alegre com uma paixão infinita por compras, cujo lema se baseia em algo como isto: Um novo emprego? Esperemos. Um novo homem? Possivelmente. Uma nova carteira? Absolutamente.
Tem um emprego que não a motiva, mas que serve para pagar as contas provocadas pela sua dita paixão, e quando o inesperado acontece, a aventura começa.

Louca por compras é o primeiro livro de Sophie Kinsella a ser editado em Portugual, um romance leve e muito divertido que aborda um dos meus guilty pleasures - adoro roupa, mas essencialmente tenho uma paixão secreta por malas e sapatos! Ando a namorar uma mala Louis Vuitton e uns sapatos Louboutin desde que me lembro... mas voltando à leitura!

Num estilo muito fluído, a autora conta-nos a história de Becky, as aventuras com a amiga Susie e as reviravoltas que a levam a um emprego que não estava de todo nos seus planos e que promete algo mais...

Ri-me bastante ao longo deste livro, agora sou suspeita por simpatizar com a Becky, mas tirando a sua loucura por compras, considerei-a uma personagem um pouco desvairada, mas com bom coração (principalmente com as roupas abandonadas em cabides nas lojas, e em saldos!), e que cresce no desenrolar da história. A amizade com Susie fez-me lembrar um pouco a que tenho com a minha melhor amiga (outra bookaholic)... a certa altura, todos erramos e dizemos e/ou fazemos coisas que nos parecem normais, mas que depois vemos que pusemos o pé na argola... Mas ao final de cada dia, o importante é sabermos que temos aquela pessoa importante para nos apoiar e com quem partilhar momentos hilariantes e não só ;)
Relativamente ao romance que paira no ar, achei-o na proporção certa, ou seja, nem muito lamechas, nem muito leviano. Existem momentos de algum humor, algumas picardias, e outros em que pensamos que é agora, é agora!

Como devem saber, esta obra foi adaptada ao cinema, mais tarde, noutro post, falarei sobre isso, mas quero deixar já escrito que fiquei bastante agradada com o actor que dá vida a Luke. Sim, sra!

Considerações aparte, recomendo este livro pois proporciona ao leitor bons momentos de humor e também de alguma reflexão.

Classificação: 4/5